Notícias

Brasileiro começa o ano mais satisfeito com o trabalho, segundo estudo

Share Button

 

squad-3370836_Rawpixel_PixabayAs projeções da economia brasileira de 3,49% para a inflação e 2,75% para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), apontadas recentemente no relatório do Banco Central, impactaram positivamente o cenário econômico do país e, consequentemente, a qualidade de vida no trabalho e o clima organizacional. Esse ambiente pode ser verificado no resultado do 1º trimestre do Índice Sodexo de Qualidade de Vida no Trabalho (IQVT) 2018, ferramenta que mede a percepção dos brasileiros em relação à qualidade de vida no trabalho, por meio de um teste on-line, e que avalia diversos aspectos do colaborador em seu ambiente profissional.

A partir da análise de 941 respostas de trabalhadores em todo o país, o levantamento constatou que, nos primeiros três meses de 2018, o IQVT foi de 6,48 pontos (em uma escala de 0 a 10), crescimento de 11% (0,63 pontos) em relação ao mesmo período de 2017.

Também de acordo com o IQVT, a avaliação sobre a qualidade de vida no trabalho é maior entre homens do que entre mulheres (6,54 pontos contra 6,18 pontos), e o crescimento pessoal oferecido pela organização (6,32 pontos) é o fator que mais influenciou na percepção geral do público, além de ter a maior variação no período (1,05 pontos), em comparação a 2017. Já o item facilidade e eficiência, foi o que obteve a nota de satisfação mais baixa (6,57 pontos), com variação negativa de 0,35 pontos.

Foto: Rawpixel/Pixabay