Artigos

Bons resultados não garantem seu emprego

Share Button

Por Braulio Lalau de Carvalho*

Pensando na sua carreira, como você se imagina daqui a cinco anos? Já parou para pensar sobre quais habilidades precisa ter para alcançar essa posição? Se a resposta for não, é melhor você se apressar. O mercado de trabalho está bastante exigente, mas a boa notícia é que existem meios de conseguir se destacar.

Suponhamos que você seja um profissional reconhecido por ter foco em resultados. Isso é ótimo e você deve se esforçar para manter essa percepção nas pessoas. Mas, só isso não basta para manter o seu emprego. Hoje, a empresa espera que você, por exemplo, mantenha um bom relacionamento com os colegas, lide bem com pressão, procure entender o outro antes de impor a sua verdade e demonstre proatividade entregando sempre mais e melhor.

Caso esteja nos seus planos assumir um cargo de gestão, as exigências aumentam. Você precisa perder o medo de delegar – se o seu caso é ser centralizador –, verificar se tem conseguido se comunicar com clareza, tomar decisões pensando de maneira estratégica e considerando o todo da situação, vista a camisa da empresa e colabore para a criação de um ambiente em que as pessoas tenham prazer de trabalhar como um time.

Quando focamos toda a nossa energia em ser muito bons em apenas uma coisa, a tendência é sentir medo quando nos vemos obrigados a enfrentar um novo desafio.

Não estou dizendo que você precisa ser bom em tudo, mas que busque ser mais completo, pois, quando focamos toda a nossa energia em ser muito bons em apenas uma coisa, a tendência é sentir medo quando nos vemos obrigados a enfrentar um novo desafio. E isso não é bom. Já ouviu aquela frase que diz que “devemos respeitar o medo, mas sem deixar que ele nos paralise”? É bem por aí.

Minha sugestão é que você faça exercícios diários contra essas possíveis travas. Comece listando as qualificações que tem e as que precisa aprimorar ou adquirir. Então, estabeleça prioridades, considerando o que é mais valorizado dentro do seu momento de carreira e de onde deseja chegar. Você vai ver que para adquirir algumas habilidades será necessário participar de cursos ou pedir a ajuda de profissionais. Porém, é possível desenvolver outras habilidades no dia a dia, por si só.

Se você é gestor, além de adotar essa prática, estimule sua equipe a fazer o mesmo. Comece propondo novos desafios de tempos em tempos, aumente a complexidade aos poucos e dê feedback sempre!

*Braulio Lalau de Carvalho é CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini

Posted in: