Notícias

GFT cria universidade para ampliar oferta de mão de obra na área de TI

Share Button
Cursos gratuitos atendem tanto o público interno quanto externo

Geralt/Pixabay

A empresa de tecnologia GFT anunciou o lançamento do seu principal projeto para impulsionar o mercado de TI no Brasil, a GFT Academy, que nasce para contribuir tanto com a formação dos profissionais da companhia como também do público externo, como estudantes e técnicos.

A UC está alicerçada em três pilares de conhecimento. Com o Restart.Me, desenvolvido para valorizar a experiência do profissional de TI com ampla experiência, o projeto ensina novas tecnologias a pessoas que precisam se recolocar no mercado trabalho. Já o Start, programa de estágio universitário da GFT, que agora passa a se chamar Start_Uni, ganha uma versão adicional, o Start_Tec, para estudantes de cursos técnicos. E o Upgrade.Me atua com workshops, palestras e treinamentos de especialistas da GFT ou convidados sobre temas técnicos em áreas como Java, JavaScript, .NET, Testes, UX, DevOps, SQL e Práticas ágeis.

De acordo com Marco Santos, managing director Latam da GFT, o mercado de TI brasileiro enfrenta grandes desafios de formação. “Há um elevado déficit, com mais de 100 mil vagas em aberto, e nós, como membros desse segmento, precisamos ajudar a resolver o problema e preparar o país para as novas tecnologias exponenciais, fomentando experiências e conhecimento”, afirma.

Segundo ele, o moonshot  é duplicar o mercado de TI no Brasil em oito anos e chegar a 2 milhões de profissionais, assim, a UC vempara provocar essa transformação exponencial de pensamento. É um chamado também à sociedade para que promova e invista na formação de profissionais na área de STEM (Science, Technology, Engineering and Math)”, completa.

PROJETO PILOTO
Para marcar o lançamento da GFT Academy, a companhia desenvolveu uma edição piloto, com a participação de 33 convidados de escolas técnicas e profissionais com experiência em mainframe, uma junção entre o Restart.Me e Start_Tec.

Ao final, cerca de 20% dos estudantes dessa turma piloto foram contratadas pela companhia. “Tivemos uma experiência incrível, com muito engajamento tanto entre os alunos quanto com profissionais da GFT. Isso só demonstra o potencial transformador que a GFT Academy oferece e o interesse que as novas tecnologias despertam”, afirma Santos.

A UC terá a próxima edição do Restart.Me ao longo do mês de maio, na unidade da empresa em Curitiba. As informações podem ser consultadas no site da GFT Academy.