Notícias

A necessidade de empresas mais diversas

Share Button

Estimular a diversidade nas organizações deve ser um princípio presente em todo profissional de RH, pois a riqueza da gestão de pessoas está justamente na pluralidade presente na humanidade. Para as organizações, além de ser uma pauta social atual, a política de incentivo à diversidade também é sinônimo de vantagem competitiva nos negócios. Um estudo da Mckinsey aponta, por exemplo, que o potencial de aumento no faturamento é 15% maior em empresas com mulheres em cargos de liderança e 33% superior com relação à diversidade étnica e cultural nos Estados Unidos, verificou-se que a cada 10% de aumento na diversidade racial ou étnica na equipe, o crescimento nos lucros é de 0,8%.

Parece ser óbvio que ao se contratar pessoas com perfis semelhantes, terá sempre as mesmas respostas, logo a capacidade da empresa de inovação fica limitada. Com pessoas diferentes, consegue-se entregar soluções mais criativas, tornando-a mais competitiva. Entretanto, para que uma política de valorização da diversidade seja implementada com sucesso, pode ser necessário repensar os valores e a cultura da empresa.  Em organizações mais jovens, ou com perfil mais inovador, isso talvez não seja preciso. Mas, em negócios mais antigos, ou empresas mais rígidas, pode ser necessário transformar a cultura organizacional.

O RH deve atuar para integrar a questão da diversidade à estratégia e à política da organização. É preciso mostrar, de maneira detalhada, como a empresa vê a questão da diversidade e como espera que seus funcionários tratem do tema. Processos seletivos, programa de desenvolvimento de liderança e indicador de avaliação de desempenho do gestor, são outros elementos que podem ser revistos pelo setor de Recursos Humanos. Treinamentos e reuniões estratégicas podem ser usados na conscientização e sensibilização dos colaboradores. Outro item imprescindível é monitorar o ambiente para saber se as políticas e práticas estão sendo cumpridas. Todos os colaboradores precisam perceber que tornar a sociedade mais diversa e igualitária também é uma responsabilidade da organização.

Posted in: