Notícias

Cummins Brasil inaugura programa de capacitação de jovens para o trabalho

Share Button

A Cummins Brasil, fabricante independente de motores Diesel, inaugurou, nesta terça-feira (6), o Formare, programa de capacitação de jovens de baixa renda para o mercado de trabalho, cuja metodologia foi desenvolvida pela Fundação Iochpe, ONG existente há 25 anos no mercado.

Com um ano de duração para o primeiro grupo, que é composto por 20 jovens, o programa terá início imediato com o objetivo de capacitar os jovens da comunidade para o mercado de trabalho, além de envolver os funcionários da Cummins de modo a desenvolver habilidades que impactem em suas vidas pessoais e fortalecer a relação da empresa com a comunidade.

O primeiro curso da Escola Formare Cummins, denominado Assistente de Produção e Serviços da Indústria Mecânica (APSIM), será voltado para a parte técnica e comportamental do jovem, conciliando o trabalho em equipe, relacionamento interpessoal, formação técnica e cidadania e ética.

“A ideia é, por meio das atividades práticas na fábrica, executar o que foi colocado em sala de aula, ou seja, capacitá-los mesmo para o mercado de trabalho com foco na área industrial”, afirma Priscilla Torres, coordenadora do projeto.

Uma semana de integração marcará o início do curso, com palestras para a adaptação dos jovens, usando a empresa como ferramenta. Serão abordados os valores e visão da Cummins Brasil, segurança e mercado de trabalho, palestras motivacionais e outras pessoais como higiene e sexualidade.

Após a integração, os jovens receberão reforços de português matemática (conhecimento básico), com o objetivo de facilitar o acompanhamento módulos que, durante o curso, serão divididos em três, com disciplinas técnicas, instrumentais e de integração.

Todo conteúdo apresentado aos jovens será aplicado por funcionários da Cummins Brasil, de acordo com sua área, entre elas Recursos Humanos, Segurança no Trabalho e Departamento Médico. O primeiro Formare Cummins ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30, na sede da empresa, totalizando 1704 horas de curso. O término está previsto para o dia 4 de julho de 2014.

Seleção – O processo seletivo dos alunos, que contou com 365 inscrições, foi dividido em quatro etapas, sendo a primeira delas uma prova de conhecimentos gerais, em português, matemática e redação. Na segunda etapa, 80 jovens selecionados passaram por uma dinâmica em grupo que avaliou comportamento em grupo, desenvoltura, postura e nível de interesse. Dos 80, 60 jovens permaneceram e seguiram para a entrevista individual (terceira etapa). Os 20 finalistas foram selecionados após a visita domiciliar.

Ainda no escopo do processo de seleção, o programa definiu alguns requisitos para a escolha dos participantes: jovens de 16 a 18 anos, cursando o ensino médio em escolas da rede pública e que sejam moradores das comunidades que vivem nas proximidades das Unidades de Negócios da Cummins Brasil. Esses jovens precisam também comprovar renda familiar per capita de até um salário mínimo e não podem estar matriculado em nenhum curso profissionalizante em paralelo.

O participante receberá da Cummins Brasil bolsa auxílio de 1/2 salário mínimo, alimentação dentro da unidade fabril, transporte, seguro de vida, atendimento ambulatorial nas instalações da empresa, uniforme e material didático.

Trata-se de mais um projeto desenvolvido e implementado pela Cummins Brasil que não mede esforços, e desde que se instalou no Brasil busca contribuir com o desenvolvimento social da comunidade onde está inserida.