Notícias

Em 2013, programa de inserção profissional da BB e Mapfre tem foco em pessoas com deficiência

Share Button

No sétimo ano de existência, o PIP – Programa de Inserção Profissional, do Grupo BB e Mapfre, inicia suas atividades de 2013 com foco em pessoas com deficiência, a partir de uma parceria com a Apabb (Associação de Pais e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade).

O programa  tem por objetivo oferecer capacitação profissional gratuita para jovens e adultos de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade.

Denominado Superação, o projeto deste ano é dividido em módulos e tem duração de dois meses. Todo o curso é ministrado por uma equipe de professores contratada para atuar exclusivamente no projeto e por colaboradores do grupo, voluntários no projeto, que participam das aulas contribuindo com o seu conhecimento e ministrando palestras sobre os desafios e oportunidades do mercado de trabalho.

“O objetivo é simular, da forma mais real possível, a vida coorporativa e a diversidade do ambiente de trabalho”, explica Fátima Lima, executiva de Sustentabilidade do grupo.

Dinâmicas, leitura de material, debates, trabalhos em grupos e visitas a empresas e locais para fixação do conteúdo de cada módulo são algumas das técnicas aplicadas durante o programa de capacitação. Após a finalização do curso, os candidatos são avaliados e encaminhados para o RH do BB e Mapfre e para bancos de emprego como a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, do Governo do Estado de São Paulo que também é parceira do programa.

Seja para uma vaga efetiva, estágio ou aprendiz nas empresas, bem como atividades de geração de renda, o processo terá acompanhamento efetivo do Assistente Social do Núcleo Regional da Apabb, que também ficará responsável pelo trabalho de sensibilização nas empresas para facilitar a inclusão da PCD no ambiente de trabalho.