Notícias

Propósito é fator mais valorizado por brasileiros para trocar de emprego

Share Button
Oportunidade de crescer e remuneração vêm em 2º e 3º lugares, diz Love Mondays
The Digital Artist/Pixabay
business-3443596_TheDigitalArtist_Pixabay_br

Conexão com propósito de vida, oportunidades de crescimento e remuneração são os fatores mais levados em conta pelos brasileiros na hora de trocar de emprego. Esse é o resultado de um levantamento realizado pela plataforma profissional Love Mondays com 4.492 pessoas. Ainda segundo a pesquisa, 70% dos usuários empregados atualmente desejam mudar de trabalho e somente 24% preferem permanecer onde estão; 6% desejam sair de seu emprego atual para trabalhar como autônomo ou freelancer.

Entre os que desejam buscar um novo emprego, o principal motivo para 29,6% é a vontade de encontrar um trabalho mais conectado com seu propósito de vida. O segundo motivo mais citado (28,9%) são as poucas oportunidades de crescimento na empresa atual, seguido por uma remuneração abaixo do desejado (24,6%). Atrás dessas razões vêm uma liderança insatisfatória (6%), baixa qualidade de vida no trabalho (5,8%) e ambiente de trabalho ruim (5%).

“Já vínhamos percebendo que as pessoas estavam de fato buscando um propósito maior no trabalho, que estivesse conectado com seus valores pessoais. Mas foi muito interessante verificar que esse fator se sobrepõe a oportunidades de crescimento e remuneração”, comenta Luciana Caletti, CEO e cofundadora da Love Mondays.

MOTIVAÇÕES
Para aqueles que preferem ficar no atual emprego, o principal motivo (25,1%) é a chance de crescimento na empresa. Em segundo lugar (18,5%) aparece a conexão do trabalho atual com seus próprios valores e propósito de vida, seguido de perto por remuneração e benefícios (18,4%) e um bom ambiente de trabalho (15,9%).

No entanto, 12,2% das pessoas preferem permanecer no emprego por acreditarem que está difícil encontrar outro. Por fim, 9,9% apontou a flexibilidade no dia a dia de trabalho como razão para querer ficar.

Para aqueles que preferem ficar onde estão, o principal motivo (25,1%) é a chance de crescimento na empresa. Em segundo lugar (18,5%) aparece a conexão do trabalho atual com seus próprios valores e propósito de vida, seguido de perto por remuneração e benefícios (18,4%) e um bom ambiente de trabalho (15,9%).

No entanto, 12,2% das pessoas preferem ficar no emprego atual porque acreditam estar difícil encontrar outro. Por fim, 9,9% apontou a flexibilidade no dia a dia de trabalho como razão para querer ficar.

Confira os números:

Você pretende buscar um novo emprego em 2019?
Sim, busco um novo trabalho fixo 70%
Não, quero ficar onde estou 24%
Sim, mas pretendo trabalhar somente como autônomo/freelancer 6%

 

Que principal motivo leva você a querer mudar de emprego?
Quero um trabalho mais conectado com meu propósito de vida 29.6%
Pouca oportunidade de crescimento 28.9%
Remuneração abaixo do desejado 24.6%
Liderança insatisfatória 6%
Baixa qualidade de vida 5.8%
O ambiente de trabalho é ruim 5%

 

Que principal motivo leva você a querer continuar no emprego atual?
Boas oportunidades de crescimento 25.1%
Está conectado com meus valores e propósito de vida 18.5%
Boa remuneração e/ou benefícios 18.4%
Bom ambiente de trabalho 15.9%
Acho difícil achar outro emprego 12.2%
Flexibilidade no dia a dia de trabalho 9.9%