Notícias

Revolução 4.0 norteará 13° Congresso da ABRH-BA

Share Button
Evento acontece nos dias 24 e 25 de outubro, em Salvador

ABRH-BA - logo_congresso2018A 4ª Revolução Industrial, ou Revolução 4.0, como é mais conhecida, e seus impactos na gestão de pessoas serão o tema central da 13ª edição do congresso de gestão de pessoas, que a ABRH-BA realizará neste mês. Centro das principais discussões no mundo dos negócios, a Revolução 4.0 se relaciona com os impactos trazidos pela integração entre diferentes tecnologias com as dimensões digital, física e biológica. Na primeira Revolução industrial, foram as máquinas o principal fator de transformações. Na segunda, a indústria química. Na terceira, a convergência de tecnologia high-tech.

“Ninguém está protegido da Revolução 4.0, que promete mudar o mundo drasticamente; muito menos quem tem por ofício a gestão de pessoas. A nova revolução industrial é um movimento de transformação que impacta a forma como as pessoas se relacionam, se capacitam, se expressam, se conectam e produzem, criam e inovam. A boa notícia é que esse é um movimento global, portanto, todos vivemos juntos essa transformação”, avalia Margot Azevedo, presidente interina da ABRH-BA.

“Acreditamos que, tendo uma boa visão do macrocenário, vamos compreender com mais propriedade as diversas mudanças relacionadas à área de gestão de pessoas”, assinala.

PROGRAMAÇÃO
Nos dias 25 e 26 de outubro, das 7 às 18 horas, os principais aspectos desse movimento mundial estarão em debate no Hotel Othon Palace, em Salvador. Palestras, workshops e painéis abordarão assuntos como Compliance – Por que é necessário falar sobre isso?; O futuro do ser humano no mundo das coisas; A mente além do cérebro; e O mindset do profissional contemporâneo e os desafios do líder digital.

No painel Baianas da gema, o público poderá conhecer a visão de mercado das empresas locais – Avatim, Limiar e Mendoá – a partir da Revolução 4.0. A trajetória dessas organizações e seus cases inspiradores também serão apresentados pelos CEOs.

Além da programação regular do congresso, minicursos serão ministrados por especialistas como Ana Pires, cofundadora da Clara Idea, que vai falar de design thinking.

Para participar dos minicursos, é preciso fazer um investimento à parte. Os valores são diferentes para congressistas e não congressistas.


Informações e inscrições:
goo.gl/h1Q458